domingo, julho 21, 2024
AnimeDestaquesOpiniõesSéries

Rurouni Kenshin | Primeiras Impressões: Arco Tóquio possui falhas, mas promete maior qualidade

O novo anime de Rurouni Kenshin encontra-se atualmente no primeiro arco da história, o que explica a ênfase na análise desta fase inicial. Embora a animação possa ser aprimorada ao longo da série, é notável que estes primeiros episódios apresentam um esforço em manter uma certa cronologia artística. Detalhes como fotografia, iluminação e textura parecem estar sendo cuidadosamente considerados para transmitir a essência da narrativa de maneira eficaz.

É importante ressaltar que Rurouni Kenshin conquistou uma notável popularidade no Brasil, principalmente devido à sua transmissão pela Rede Globo, como Samurai X. A base de fãs do anime no país é robusta e dedicada, o que amplifica o entusiasmo em relação a essa nova adaptação.

No que diz respeito à trajetória futura da série, as expectativas são altas quanto à sua capacidade de adaptar todos os arcos até o final da história. A rica narrativa de Rurouni Kenshin merece uma representação completa, e os fãs aguardam ansiosamente para ver como o anime abordará os momentos emblemáticos e os desdobramentos emocionantes que a obra oferece.

rurouni kenshin

Em resumo, embora o novo anime possa ser considerado inferior em termos de animação quando comparado à série anterior, ele demonstra potencial para evolução ao longo do tempo. Com um foco inicial no primeiro arco, a produção parece estar mantendo uma coesão artística, aproveitando elementos visuais como fotografia e iluminação para enriquecer a experiência. Mas há um problema quando entramos na ação, onde a direção se perde e muitas vezes quando vai se iniciar o confronto, temos um corte.

A base sólida de fãs no Brasil e a promessa de adaptar a história completa até o último arco, indicam que Rurouni Kenshin continuará a ser uma obra cativante e memorável para os fãs antigos e novos.

Aqui no Brasil é possível acompanhar Rurouni Kenshin através da Crunchyroll.

Sinopse

Durante a agitação da Era Bakumatsu, havia um guerreiro Imperialista temido como o “Battousai, o Retalhador”. No entanto, com a chegada da nova era, o Battosai desapareceu dos olhos do público, deixando para trás apenas sua lenda como o mais forte guerreiro Revolucionário. Anos depois, no centro de Tóquio, no 11º ano de Meiji, Kenshin Himura, um espadachim errante, que jurou nunca mais matar, com a sakabato (espada de lâmina invertida) que carrega em seu quadril, encontra Kaoru Kamiya, a instrutora-chefe do estilo Kamiya Kasshin.

Kenshin resolve o caso de um assassino que estava manchando o nome do estilo Kasshin, enquanto alegava ser “Battosai, o Retalhador”, o que leva Kaoru a oferecer ao andarilho para que ele fique em seu dojo.

Siga a jornada de Kenshin enquanto ele constrói amizades preciosas com Yahiko Myojin, um descendente de uma família da classe samurai em Tóquio, e Sanosuke Sagara, um lutador mercenário, e enfrenta vários inimigos que têm assuntos pendentes do passado de Kenshin.

As cortinas se abriram para a inspiradora história de um espadachim e das pessoas que o cercam, agora na nova Era Meiji.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *