sábado, julho 20, 2024
OpiniõesSéries

Elsbeth | Review: 1×10 – A Fitting Finale [Season Finale]

E chegamos ao episódio final da temporada de Elsbeth! A temporada foi uma delícia de se acompanhar, e esse episódio final só me deixou mais apaixonado pela personagem carinhosamente defendida por Carrie Preston para o roteiro do casal Robert e Michelle King.

O desenvolvimento e a forma como Tascione e Kaya se aproximam e se tornam amigas é incrível, mostrando duas realidades, duas formas de encarar o mundo, e a vontade de mudar algo de alguma forma. A amizade delas é algo que realmente deixa a série mais leve e Preston e Carra Paterson.

ATENÇÃO!
O conteúdo abaixo contém spoilers

A a trama deste último episódio achei que fosse para um lado, com inúmeras pessoas com motivo de assassinar o fotógrafo Ezra, e no fim só Elsbeth pudesse resolver, mas foi algo mais simples, de conexão, e a falta de foco da personagem, que está mal com sua situação com Capitão Wagner.

O que ficou focado é o certo e errado, quem deve assumir os erros, e como conduzir isso. Nadine (Laura Benanti, Gossip Girl) gostou do jeito extravagante e curioso de Elsbeth, assim como o talentoso Matteo (Andre De Shields, Uncoupled), e pela primeira vez, não sabemos quem é o assassino de Ezra, exatamente para mostrar a falta de foco da advogada, o que é sensacional para a série.

Se souberem usar essa falta de foco, e como isso mexe com Tascione, pode ser um trunfo bom de usar. Tanto que quando ela finalmente conversa com Wagner, e os dois chegam a um entendimento sobre suas funções e o trabalho que foi dado à ela pelo Departamento de Justiça, ambos chegam a ficar mais leves.

No fim o assassino foi o mentor de Paul, Nadine e Ezra, principalmente por Matteo ver em Paul o elo fraco, e as fotos que Ezra tinha poderia acabar com a carreira dele, enquanto Nadine sempre poderia se reerguer como uma fênix.

A motivação do assassino foi boa, mas muito avulsa, poderia ter sido resolvida de forma muito mais fácil se eles conversassem entre eles, mas isso acaba sofrendo em todos episódios, fica mais a diversão dos papos e desvios com Elsbeth, onde Preston leva com maestria a sua conexão com os atores convidados.

E no fim agora temos a nossa querida Elsbeth de vez em Nova York, com Capitão Wagner querendo a ajuda dela para solucionar casos, e principalmente, ficar de olho em prováveis infrações internas da polícia.

Elsbeth | Review: 1×09 – Sweet Justice

Elsbeth tem muito para crescer, fez uma temporada redondinha, mostrou a que veio, teve pequenos e poucos deslizes. O carisma de todo o elenco ajudou muito no desenvolvimento, e os convidados foram ótimo. Espero que desenvolvam mais a relação dela com os outros detetives, e vai ser interessante ver Kaya ficando cada vez mais próxima de ser uma detetive.

Outra coisa, espero que os personagens retornem em algum momento, trazendo outras nuances, mas principalmente, que alguns advogados e amigos de Elsbeth passem ao menos umas horas em Nova York, vindos diretamente de Chicago.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *